Minhas impressões e dicas para a certificação DA-100

Minhas impressões e dicas para a certificação DA-100

Nesse domingo 24/11/2020 eu realizei em minha casa o exame para a certificação DA-100 – Analyzing Data with Microsoft Power BI, que é bem focada em analistas de dados que utilizam a plataforma do Power BI para suas análises, essa prova vem para substituir os dois antigos exames 70-778: Analyzing and Visualizing Data with Microsoft Power BI e 70-779: Analyzing and Visualizing Data with Microsoft Excel que eram necessários para você obter a certificação MCSA: BI Reporting, como vocês podem ver obter essa certificação antigamente era um pouco mais difícil pois você deveria realizar dois exames para obter a certificação, agora você só precisa passar no exame DA-100 e já é certificado como Data Analyst Associate, o que eu achei sensacional.

Minhas impressões ao realizar o exame da DA-100

Um ponto que eu gostei bastante nesse novo exame da DA-100 foi a mudança no jeito de realizar a prova, antigamente as provas eram mais focas em preencher fórmulas Dax e códigos da linguagem M, o que era bem trabalhoso e fazia com que você devesse revisar bem cada questão fazendo a prova ficar muito cansativa. Agora você é apresentado a um cenário de uma empresa fictícia, onde descrevem alguns requisitos de cada área como visões requeridas por área, direitos de acesso e hierarquias de acesso aos dados, também é passado a estrutura dos dados da empresa com suas tabelas e suas colunas e a origem desses dados. Com todos esses requisitos eles vão formulando questões baseadas na implementação desse projeto de BI nessa empresa, oque eu também achei fantástico, pois você começa a ver que o que eles estão pedindo na prova é o que o mercado vai te pedir em um projeto de BI.

Minha Opinião para quem deseja fazer o exame da DA-100

Como eu disse o exame da DA-100 em sua maioria vai te cobrar basicamente uma implementação de um projeto de BI utilizando o Power BI, então se você já trabalhou com a ferramenta em algum projeto um pouco mais complexo que usava bastante recursos da ferramenta, você vai se sentir bem confortável em fazer a prova, então não tenha medo, revise as principais fórmulas do Dax e da linguagem M e faça a prova, pois a maioria das questões do meu caso eu já utilizei em projetos, seja dando um direito de acesso, criando um rls, fazendo algumas consultas e fórmulas com Dax, sabendo alguns conceitos de query folding e o funcionamento interno da ferramenta que vai te ajudar em questões de performance e sobre diferenças em usar o Import e Direct Query.

Guia de Estudo que utilizei para passar na DA-100

Resultado do meu exame para o exame DA-100
Que foto horrível que eu tirei na hora do exame kkkkkkk

Antecipadamente quando estudei para as provas antigas anteriores a DA-100 esse livro que apesar de estar “desatualizado“, devido a diversas atualizações da ferramenta entre o lançamento do livro até o presente momento, mas em contraponto ele ainda trás os principais conceitos da ferramenta até hoje que não mudaram, e eu acho que nunca mudarão, por isso indico a leitura desse livro caso queiram se aprofundar mais ainda na ferramenta.

Voltando a prova atual para ser bem sincero eu somete dei uma lida no artigo do meu amigo Dirceu Resende para ver oque mudou da prova e depois revisei algumas fórmulas do Dax meia hora antes do exame, porém eu já trabalho a um tempo com a ferramenta e já possuía as certificações antigas, e já estudei muito da ferramenta, então eu já tinha ideia do que iriam me pedir…

Então é aquela coisa do:

Faça o que eu digo, não faça o que eu faço

Acima de tudo, por favor não faça igual a pessoa que escreveu esse artigo, primeiramente estude depois faça a prova. (E não venha falar que eu não avisei!!!)

Configure a Ferramenta em inglês

Primeiramente, como vocês devem saber em sua grande maioria das provas de certificação de T.I são feitas em inglês, tanto na hora de falar com o instrutor quanto na hora de realizar o exame, as perguntas e respostas vão estar todas em inglês. Portanto deixe o seu Power BI Desktop em inglês e trabalhe um tempo com ele assim, ou seja você vai acabar aprendendo o nome das coisas da ferramenta em inglês na prática, portanto acredite em mim isso vai te ajudar muito, principalmente com o nome dos visuais do Power BI que mudam muito do português para o inglês.

Minhas dicas do que sempre cai na prova

Uma coisa que eu aprendi fazendo provas de Power BI, que ela vai sempre te cobrar como gerenciar um workspace, como você compartilha um relatório, a segurança desse relatório, as principais fórmulas do dax, fórmulas de tempo no Dax, Hierarquias no Dax, as principais funções da linguagem M, como fazer replace, como fazer split, como fazer merge e append, pivot e unpivot, os visuais e quando usar em cada caso, sempre cai uma questão de Q&A, relacionamentos e cardinalidade, a direção do relacionamento (as setinhas) e questões de performance. Meio que isso você pode ter certeza absoluta que vai cair então revise tudo.

Abaixo separei alguns links (Peguei do artigo do Dirceu na cara dura) para cada tópico que a prova te cobra, caso queira ver com mais detalhes no PDF offical da Microsoft.

Preparar os dados (20-25%)

Obter dados de diferentes fontes de dados

Perfil dos dados

Limpe, transforme e carregue os dados (ETL)

Modelar os Dados (25-30%)

Design a data model

Desenvolver um modelo de dados

Crie medidas usando o DAX

Otimizar o desempenho do modelo

Visualizar os Dados (20-25%)

Criar relatórios

Criar painéis (dashboards)

Enriqueça a usabilidade dos relatórios

Analisar os Dados (10-15%)

Aprimore os relatórios para expor idéias e insights

Realizar análises avançadas

Publicar e Manter Entregáveis (10-15%)

Gerenciar conjuntos de dados

Criar e gerenciar áreas de trabalho (workspaces)

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta